Comprar café, eis a questão.

Atualizado: Jun 23


Você sente dificuldade para escolher os grãos? Na hora de comprar um café escolhe a melhor embalagem? Nada contra, nós também adoramos design, mas hoje vou contar pra vocês algumas informações relevantes na hora de fazer uma boa compra de cafés especiais.

Para ter certeza na hora na compra de cafés especiais verifique se a embalagem tem informações relevantes que irão nortear ou falar mais sobre perfil sensorial daquele determinado café, também procure por cafés com data da torra mais recentes, o café fresco te apresentará todo seu potencial:

  • Espécie: Arábica ou Robusta:

Há duas espécies comerciais de cafés e o café tipo commodity, geralmente, usa blend entre as duas, por isso, na maioria dos casos, este café não te informa, por exemplo, 100% arábica. Se não há esta informação, é cilada! Os cafés arábica são sensorialmente mais complexos, mas existem também robustas nobres (novidade no mundo dos cafés especiais).

  • Variedade: A variedade da planta. Exemplo: Bourbon Amarelo, Catuaí

vermelho:


A variedade do café significa de que planta especificamente veio sua bebida,também é sinal de que o lote é separado nos talhões devidamente identificados. O uso de blends (mistura) em cafés especiais não é tão comum, pois especial mesmo é contar uma história completa, mas há excelentes cafés provenientes de blend entre varietais.

  • Procedência: De onde vem aquele café, regiões certificadas. Exemplo: Mantiqueira de Minas, Alta Mogiana, Alto Caparaó:

Rastreabilidade é fundamental! Cafés especiais sempre te informam sua origem.

  • Altitude:

Altitude de onde aquele café foi colhido. maiores altitudes tendem a perfis surpreendentes, o que não significa que você não encontre cafés melhores em diversas altitudes e terroirs, mas é uma informação muito relevante na compra.

  • Processo: processo de beneficiamento do grão. Exemplo: Natural, secagem em terreiro, fermentado, cereja descascado:

Dependendo do processo, o café já vai te dizer certas nuances esperadas, geralmente cafés fermentados tendem a uma acidez mais elevada, cafés lavados tendem a ter menos corpo, e por aí vai. Também não é algo determinante, pois o processo de torra pode influenciar muito em qual atributo será ressaltado.

  • Ponto de torra:

A torra é peça chave para um café cheio de interessância e muito complexo. Boas torras não são feitas simplesmente esperando uma certa coloração, elas são traçadas desde o momento em que o café entra no torrador e acompanhado todo seu processo. Apesar disto, a cor final é uma informação relevante na hora da compra, cafés de torra média a clara, geralmente, serão os cafés ótimos nos métodos manuais e vão acentuar atributos positivos da bebida.


17 visualizações

CAFETELIER CNPJ 23.946.883/0001-22

Rua Exp. B. Ribeiro de Mattos, 232. Santa Rita do Sapucaí  MG 37540-000

Contato direto: (31) 99180-3362

©2020 por Cafetelier. Garimpo de Cafés Especiais.