Café especial em casa


Ultimamente não há assunto que não cite o COVID-19 sem falar em crise e impacto, mundialmente vivemos uma nova era, sem precedentes neste longo período de prosperidade e globalização. O mundo, antes tão aberto em suas fronteiras, hoje vive um momento sem apertos de mãos, fisicamente e no sentido dos negócios selados também.


No café especial não é diferente. Mesmo com o contato online, nas redes sociais, plataformas e-commerce, delivery e criatividades mil, o tato está em falta. O café especial no Brasil exige paciência, experiência de consumo e mudança de hábito. Tudo aquilo que discutimos nas feiras de café, revistas e livros sobre como chegar até o consumidor do café de qualidade, ficou muito mais distante. Reinventar nunca esteve tão em voga.


Segundo Vanusia Nogueira (Diretora BSCA - Brazil Specialty Coffee Association), em entrevista para o programa de TV “Balanço no Campo”, o café de altíssima qualidade vive um cenário incerto, onde cafeterias e pequenos torrefadores, não têm a menor previsibilidade de voltar a operar na sua totalidade, enquanto o café tipo commodity, aquele das prateleiras dos mercados, ainda tem boa demanda internacional. Mesmo assim, o segundo semestre é uma incógnita para ambos os lados do café. Desse modo, será possível continuar influenciando compradores para o café especial, sem o tato? Uma difícil questão para quem, assim como nós, sempre pensou em experiências e interações sensoriais. Então, como faremos com nosso mercado interno? Como vencer esse obstáculo?


O que temos nas mãos agora é o mundo virtual e a vantagem do Brasil ser um país que tem o estímulo do consumo do café em casa. O brasileiro sabe fazer café e quer aprender a fazer de outras maneiras. Nós, sempre nos preocupamos com a comunicação para os novos apreciadores de café de qualidade e sentimos a necessidade de compartilhar aqui, o que achamos imprescindível nesse momento no trato com aqueles que são potenciais consumidores do nosso elixir de brasilidade: vulgo café.


Mesmo apenas com o meio online, não pare de comunicar com seu cliente, aprenda ainda mais as ferramentas de interação virtual, como vídeos, brincadeiras, tutoriais e funcionalidades dos aplicativos. Você já parou pra pensar em seus melhores clientes? Dê benefícios a eles, conquiste-os: eles são, definitivamente, propagadores do mundo do café especial para aqueles que ainda não conhecem.


Sempre, deixe nessas pessoas, junto ao aroma, um sorriso, um afeto, um tudo bem você gostar de açúcar, nós nos importamos mesmo é com o que você entende por café especial, a essência de uma bebida genuinamente doce, aromática e cheia de atributos. Compartilhem suas histórias, construa um caminho mais fácil e direto até você. Em se tratando de café comum, sabemos que ele é desprovido de sentido, mas cheio de memórias. Quais são as memórias afetivas que precisamos desconstruir para levar uma boa torra (fazendo o consumidor descobrir que o café não é preto, que a questão da torra é fator determinante de qualidade) até novos apreciadores?


Durante os últimos anos, fizemos nosso “trabalho de formiguinha”, passando a palavra do café para cada um que esteve em nosso espaço. A importância desse ato individual de cada pequeno negócio da área nunca foi tão relevante como agora. Temos a consciência de que não trouxemos clientes apenas para o Cafetelier, mas para um mundo de cafés incríveis em vários lugares. E apenas uma palavra define o que fizemos até aqui: emocionar.


Contudo, parece fácil dizer que uma boa comunicação gera bons frutos, mas não é apenas isto. Agora é a hora de unirmos nossas forças para continuar propagando um produto vivo, diferente e único como o café. Para continuar com a missão café na ativa é necessário emocionar, abraçar virtualmente as boas ações coletivas e apresentar seu propósito. A que viemos nesse mercado? Lance novos produtos, faça parcerias, busque conhecimento e transmita-o para outros, esteja presente. Precisamos de vozes positivas, que tragam para perto do consumidor toda uma cadeia cafeeira cheia de intensos desafios em cada etapa até chegar a uma bela xícara.


Eu amo café, e sempre amei escrever, pra mim, escrever é ter pequenos arrepios de felicidade.Temos um cenário em comum, sem mistério, é na simplicidade do que fazemos, mais do que nunca, na fala honesta e descontraída que vamos juntos salvar o café especial. De fato, o consumo de cafés vai mudar, mas será que o café especial continuará exponencialmente afetando novos consumidores? Focaremos nas vantagens e no que temos de melhor: nossas histórias e nosso café em casa.



Tem dicas para compartilhar? Ótimo! Deixe-nos um comentário, ajude a melhorar o mercado e colabore com ideias na abordagem virtual em tempos de isolamento.

Charge: Relative Importance In 2020, So Far

BY DAVE @ ACCIDENTAL FIRE · PUBLISHED APRIL 3, 2020


58 visualizações

CAFETELIER CNPJ 23.946.883/0001-22

Rua Exp. B. Ribeiro de Mattos, 232. Santa Rita do Sapucaí  MG 37540-000

Contato direto: (31) 99180-3362

©2020 por Cafetelier. Garimpo de Cafés Especiais.